Tres Leches

23.2.14











(Foto da internet! Não é propaganda enganosa)

Tenho quase certeza de que fui mexicana em alguma reencarnação. Adoro o país. As cores. Os cheiros. A felicidade pulsante. A Frida Kahlo. E a comida. Óbvio.

Nem toda comida mexicana (pra valer) me agradou. É verdade. Fiz cara feia pra muita coisa. Muita fritura. E muita carne estranha. E vi que é tudo bem mais apimentado e cheio de feijão do que imaginamos (pelo menos, em comparação ao que temos de mexicano no Brasil).

Ainda assim, o México mora no meu coração (isso também se aplica à comida deles).

Bolo da vó

12.2.14

É sempre bom lembrar: nem todo mundo sabe cozinhar.Tem gente que mal frita um ovo. O que não é um problema, obviamente, já que tem muita oferta de comida pronta por aí (o que não quer dizer que tem muita oferta de comida BOA. Mas isso é assunto pra outro post)!

Mas verdade seja dita. Até quem sabe cozinhar, comete deslizes. Imagina então quem se aventura raramente na missão? Por isso, sempre que vejo dicas por aí, interesso-me em lê-las (é um hobby egoísta, admito. Sou uma pateta na cozinha e as dicas me ajudam muito). Com o blog, agora posso compartilhá-las!

Pão de couve

11.2.14

Aposto que tem muita gente fazendo cara feia para o título. Eu sei. Couve não é exatamente o ingrediente mais saboroso do mundo (a não ser aquela refogada no alho, acompanhada de uma boa feijoada). Muito menos no pão. Pra gente, pão combina com queijo, com ervas, com calabresa, mas não com couve. É por isso que, desta vez, fiz questão de começar pela foto.

Geleia de tomate

6.2.14

É verdade. Ela não é nem um pouco tradicional. Onde já se viu geleia de tomate?

Tudo bem que, para grande parte do mundo, o tomate é fruta. Assim, faz sentido virar geleia. No Brasil é que temos essa mania de tomate como verdura, na salada. :)

Devo confessar que a gente manda muito bem! Como ele fica bom na salada!!! Mas a geleia é interessantíssima. E exige mais tempo no fogo do que exatamente dons culinários apurados! Que tal dar uma chance a ela?

Homus tahine e muitas lágrimas

1.2.14

Era para ser um post curto sobre uma receita rápida e prática. Mas, graças ao Félix, virou outra coisa (não se preocupe. Vai ter receita!).

Sei lá. Tudo bem que novela é previsível, todos sabemos como elas terminam, mas não esperava por um personagem como ele. Ele me arrebatou. Por completo. Pela movimentação do Facebook, tenho certeza de que não fui a única.