Nhoque de ricota

28.6.16

Eu, que adoro nhoque, nunca tive coragem de fazê-lo em casa. Sempre comi na rua, na casa da minha mãe, na minha tia de coração. Mesmo amando o prato, todas aquelas etapas, toda aquela trabalheira, toda aquela sujação me desanimavam.

O que é uma pena. Nada mais triste do que me ver travada com uma receita por medo de errar.

Até que apareceu esta versão maluca e originalíssima da Rita Lobo (sempre ela!).

Bolo suflê de chocolate

19.6.16

Suflê é bom. De queijo, de cenoura, de couve flor... Hum! Amo para sempre! E agora descobri que tem suflê de chocolate!!!! Pirei! Assim que soube desta receita, precisei fazê-la!

É claro que ela é da maravilhosa Rita Lobo! Ô, mulher talentosa! E fica tão, tão boa!

Cocotte de cogumelo paris, limão e parmesão

16.6.16

Cozinhar para uma pessoa só (no caso, você), pode ser um drama! Primeiro, porque haja criatividade para fazer pratos diferentes todos os dias. Segundo, porque fazer uma porção do seu tamanho (quer dizer, do tamanho da sua fome), sem deixar sobras, exige muita, muita técnica!

Confesso que hoje me viro bem melhor do que há sete anos, quando comecei minha meu voo solo. Mas ainda sofro procurando por receitas já pensadas para quem vive sozinho.

Tartar de salmão

10.6.16

Estou me sentindo podre. Podre de rica, podre de fina, podre de chique. Que foi? Acha exagero? Então, deixa eu me explicar.